A História do Clube Nacional da Madeira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A História do Clube Nacional da Madeira

Mensagem  Alfie em 2008-04-22, 12:35 pm

1908 - "Campo do Brás"
Foi neste campo que os fundadores do Clube tiveram o primeiro contacto com o futebol. Nesta altura, apenas a comunidade inglesa que residente na região praticava esta modalidade.

1909 - Organização do Grupo dos "Miúdos"
Nesta altura, devido ao grande interesse que o futebol despertou na comunidade local, um conjunto de rapazes resolveram formar um grupo para praticarem esta recente modalidade desportiva.

1910 - Constituição do Nacional Sport Grupo
Foi no dia 8 de Dezembro de 1910, após uma jogo, Antonino Figueira apresentou a ideia da criação do Nacional Sport Grupo. Nesta reunião ficou também decidido que o "(...) uniforme passaria branco e preto no formato das camisolas do Club Sport da Madeira." (Figueira, Antonino; Retalhos da História do Nacional)

1916 - Grupo Desportivo Nacional
Neste ano, o então Nacional Sport Grupo passa a denominar-se Grupo Desportivo Nacional. Devido à sua maturidade e qualidade do seu plantel, o Nacional passa a integrar as provas de competição.

1922 - Clube Desportivo Nacional
Neste ano, o clube assiste à sua última alteração de denominação, a partir desse momento passa a chamar-se Clube Desportivo Nacional. Nesse mesmo ano, a equipa de futebol nacionalista atinge uma posição destaque nas competições regionais.

1923 - Primeira Equipa de Infantis
Devido ao seu espirito inovador e como forma de assegurar a continuidade do clube, os dirigentes resolvem criar uma equipa de infantis. Com esta decisão , o Nacional, passou a ser o primeiro clube madeirense a ter uma equipa de infantis.

1925 - Início da Construção do Stadium dos Barreiros
Após muitos contra tempos e adversidades dá-se início à construção do Stadium dos Barreiros. Com esta obra, o Nacional, passava do sonho à realidade, uma aspiração de muitos madeirense, em possuírem um estádio de futebol na região.

1926 - Primeiro Campeonato da Madeira em Futebol
Em Dezembro, decorreu o primeiro Campeonato da Madeira em Futebol. Com o terrível naufrágio do "Phisali", o campeonato é suspenso.

1927 - Vitória sobre o actual Campeão Nacional
Em Fevereiro deste ano, o Campeonato recomeçou. No primeiro jogo, o Nacional venceu o Club Sport Marítimo (actual Campeão Nacional) por cinco a dois. Em Abril, por decreto do Governo da República, o clube passa a ser considerado "INSTITUIÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA". Em Junho é feita a inauguração oficial dos Stadium dos Barreiros com o jogo entre o Nacional e o Vitória de Setúbal (esta equipa era considerada como uma das melhores a nível nacional), tendo se verificado um empate a zero bolas.

1933 - 1944 - Campeão da Madeira
Durante este período, o clube alcançou os melhores resultados futebolísticos, permitindo assim consagrar-se Campeão da Madeira em três épocas seguidas. Em 1933-34, estreou-se no Campeonato de Portugal, em representação da Madeira.

1941 - Associação de Futebol do Funchal
O clube participou activamente na fundação da Associação de Futebol do Funchal.

1947 - Campeões de Natação
Dois dos seus atletas de natação, Vasco de Abreu e José da Silva "Saca", conquistaram os títulos de "Campeão Nacional" e de "Recordista Absoluto de Portugal". Neste ano participa no Campeonato Nacional de Voleibol tendo se destacado pela superioridade da sua equipa.

1956 - Volta à Cidade do Funchal
Em colaboração com o Jornal da Madeira, o Nacional promove a Volta à Cidade do Funchal. Anos mais tarde, esta prova passa a fazer parte do cartaz das "Festas da Cidade".

1974 - Emissão do "Tempo Desportivo"
No dia 1 de Dezembro é emitido, pela primeira vez, o programa radiofónico do Nacional, denominado "Tempo Desportivo".

1975 - 1976 - Ingresso nos Campeonatos Nacionais
Após a conquista do Campeonato da Madeira, o Nacional passa a integrar os Nacionais de Futebol da Terceira Divisão.

1977 - 1978 - Passagem à Segunda Divisão
Nesta época, o Nacional ascende à Segunda Divisão.

1985 - 1986 - Passagem à 2º Divisão do Camp. Nacional de Voleibol
Neste ano desportivo, o clube passa a fazer parte da Segunda Divisão do Campeonato Nacional de Voleibol.

1986 - 1987 - Passagem à 1º Divisão do Camp. Nacional de VoleibolApós uma época excelente, passa para o escalão maior do Campeonato Nacional de Voleibol.

1987 - 1988 - Subida a Primeira Divisão


1988 - 1989 - Campeonato Nacional da I Divisão
Nesta época o Clube Desportivo Nacional disputou o Campeonato Nacional da I Divisão, tendo se classificado na 10ª posição desta competição, com 36 pontos, garantindo assim a manutenção na divisão maior do futebol português.

1989 - 1990 - Campeonato Nacional da I Divisão
Neste ano desportivo, pese embora as dificuldades, o Clube Desportivo Nacional conseguiu manter-se entre os maiores clubes portugueses, tendo ocupado a 14ª posição do Campeonato Nacional da I Divisão, com 28 pontos conquistados.

1990 - 1991 - Descida à Divisão Honra
Nesta época o Clube Desportivo Nacional disputou o Campeonato Nacional da I Divisão, mas infelizmente não conseguiu se manter nesta divisão, pois classificou na 20ª posição, com 27 pontos conquistados.

1991 - 1992 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
Foi o ano do regresso a uma divisão inferior do futebol português, denominada na época como Divisão de Honra, conquistando a 14ª posição , com 25 pontos conquistados.

1992 - 1993 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
Nesta época o Clube Desportivo Nacional conseguiu a 13ª posição da Divisão de Honra, com total de 30 pontos.

1993 - 1994 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
O nosso Clube manteve-se na Divisão de Honra, com um total de 31 pontos , conseguindo assim, a 11ª posição final no Campeonato.

1994 - 1995 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
Nesta época o Clube Desportivo Nacional disputou uma vez mais o Campeonato Nacional da Divisão de Honra, tendo obtido o 13º lugar desta competição, com um total de 32 pontos.

1994 - 1995 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
O Clube Desportivo Nacional não conseguiu manter-se na Divisão de Honra, pese embora o número de pontos ter sido o mesmo da época anterior ( 32 ), ficando na 18ª posição do Campeonato, vendo assim relegado para uma Divisão inferior, a II Divisão B.

1995 - 1996 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão "B"
O Clube Desportivo Nacional disputou o Campeonato Nacional da II Divisão B, e de uma forma brilhante diga-se , pois conseguiu atingir o 1º lugar, com 72 pontos, regressando assim à Divisão de Honra.

1996 - 1997 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
O Clube Desportivo Nacional disputou o Campeonato Nacional da II Divisão B, e de uma forma brilhante diga-se , pois conseguiu atingir o 1º lugar, com 72 pontos, regressando assim à Divisão de Honra.

1997 - 1998 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
Foi o ano de regresso à II Divisão B, pois, devido à 16ª posição final , com um total de 33 pontos conquistados, o Clube Desportivo Nacional, viu-se obrigado a descer de divisão.

1998 - 1999 - Campeonato Nacional da Segunda Divisão
Nesta época o nosso Clube obteve um 8º lugar no Campeonato Nacional da II Divisão B, com um total de 54 pontos.

1999 - 2000 - Subida a Segunda Liga
Esta foi uma época muito honrosa para o nosso Clube, obteve um total de 83 pontos, classificando-se no 1º lugar do Campeonato Nacional da II Divisão “B”, regressando à Divisão de Honra, que passa a ter a denominação de II Liga.

2000 - 2001 - Permanência na Segunda Liga
O Clube Desportivo Nacional disputou a II Liga, obtendo uma classificação de relevo( 7º lugar com 54 pontos ), pois para um Clube que vinha de um escalão inferior, foi conseguido algo de significativo, e que iria ter os seus maiores reflexos no ano consequente.

2001 - 2002 - Subida à Primeira Liga
Este foi o ano do regresso à ribalta do futebol português, o Clube Desportivo Nacional volta ao convívio dos grandes clubes portugueses, pois ao classificar-se em 3º lugar da II Liga, com 62 pontos, o nosso Clube subiu por mérito próprio à I Liga do futebol português.

2002 - 2003 - Super Liga
De regresso ao patamar do futebol português, o Nacional conquistou brilhantemente o 11.º lugar deste campeonato.

2003 - 2004 - Classificação do CD NACIONAL no 4º Lugar na Superliga
Melhor posição de sempre do Nacional nas competições nacionais de futebol. Foi a equipa com melhor ataque em casa. Foi a equipa madeirense com mais pontos conquistados na Superliga: 56. Adriano segundo melhor marcador da Superliga com 19 golos. Qualificação para a TAÇA UEFA.

25 de Abril de 2004 - Primeira qualificação do C.D. NACIONAL para as competições europeias.


16 de Setembro de 2004 - Estreia na Taça UEFA
- Estreia do C.D. Nacional nos grandes palcos europeus em jogo relativo à primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA a jogar contra uma equipa da capital da Andaluzia, o Sevilha FC.

30 de Setembro de 2004 - 1º jogo em casa para a Taça UEFA
Em jogo relativo à segunda mão da primeira eliminatória da Taça UEFA o C.D. NACIONAL jogou o primeiro encontro em casa para a referida competição.

6 de Maio de 2006 - 2ª Qualificação do C.D. NACIONAL para a Taça UEFA
Num dos momentos de maior crescimento desportivo do clube, pela segunda vez na sua história, consegue uma Qualificação para participar na Taça UEFA, ao classificar-se em 5º lugar do campeonato, com 52 pontos conquistados.

14 de Setembro de 2006 - 1ª mão da 2ª Qualificação do C.D. NACIONAL para a Taça UEFA
No Estádio Giulesti - Valentin Stanestu, o C.D. NACIONAL realiza o jogo da 1ª mão da 1ª Eliminatória da Taça UEFA, frente ao Rapid Bucareste perdendo por uma bola a zero, mas deixando tudo em aberto para a 2ª mão.

28 de Setembro de 2006 - 2ª mão da 2ª Qualificação do C.D. NACIONAL para a Taça UEFA
No Estádio dos Barreiros, o C.D. NACIONAL recebe o Rapid Bucareste, num jogo a contar para a 2ª mão da 1ª Eliminatória da Taça UEFA, perdendo por duas bolas a uma após prolongamento.

13 Maio 2008 - Finalista e vencedor da Taça Coral (Taça da Madeira) tendo batido o Maritímo por 2-1.Nacional termina o Campeonato Português em 10º Lugar com 35 pontos totalizados nos 30 jogos disputados.

- Estádio dos Barreiros
Desde o início do século XX, uma importante parte dos Madeirenses sentiram a necessidade da região possuir um estádio polivalente pois, modalidades como o futebol, atletismo e outras, passaram a ter um papel importe na sociedade madeirense do início do século.

O Nacional, em 1920 oficializa a intenção de construir um estádio, que não só servisse para a prática do futebol mas também para outras modalidades.



Após uma procura exaustiva de terrenos que permitissem a construção de um estádio de média dimensão, foram seleccionados três possíveis localizações, um na Rua Nova da Alegria, o outro junto à Levada de Santa Luzia, e o terceiro perto da Estrada Monumental.

Devido às facilidades que o proprietário do terreno ofereceu, e como o Clube tinha as suas raízes nesta zona, ficou decido que o estádio seria junto à Estrada Monumental.

Por volta de 1923, deu-se início à arrecadação de fundos, e com as facilidades dadas pelo proprietário, em curto espaço de tempo a obra teve início. Como a obra obteve diversos apoios, devido ao caris sócio-desportivo, foi concluída dentro do período esperado, apesar dos diversos entraves que surgiram.

A sua inauguração teve lugar no dia 26 de Julho de 1927 na presença dos mais altos dignatários da sociedade madeirense.

_________________
CDN Madeira Clube de Campeões.
avatar
Alfie
Admin
Admin

Masculino Número de Mensagens : 301
Idade : 37
Data de inscrição : 22/04/2008

Ver perfil do usuário http://cdn-madeira.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum